sábado, 31 de outubro de 2009

Valeska Vampireska- 31.10 Halloween

Adoro desenhar com lápis-de-cor, caneta e até giz.
Mas, quando dá fissura vai o que tem.
Este desenho eu fiz com as ferramentinhas básicas do paint.
A vampira ruiva que batizei de Valeska está desde junho esperando o Halloween para aparecer.
Olhando assim para o desenho, me lembro de um museu.
Vampiras de cabelos negros me parecem mais marcantes.
A Valeska tem ares de inocente...uma doçura, um jeito pacato...parece inofensiva. Só parece.
Gosto muito de histórias de terror. Tanto gosto que quando pequena ia inventando e assustando meus primos mais novos. Já cresceram e lembram até hoje. Tinham medo e curtiam! Até trilha digna de suspense eu criei para criar o clima nos momentos de maior tensão: um assobio muito legal. Faz tempinho que não conto as histórinhas. Basta surgir uma ocasião propícia. Ah!Agora lembrei que quando comecei a dar aulas de inglês numa escolinha no interior os alunos não tinham assim muito interesse. Queriam só saber da aula de educação física. Mas quando envolvi eles nas minhas hitórias, que contava em português misturado com inglês, as crianças ficaram parece que hipnotizadas e falavam tudo o que eu mandava, num inglês excelente!Passei o ano contando a mesma história. E eu inventava enquanto contava. O que era um desafio. Quando começava a falar não sabia o que ia acontecer, deixava o que vinha à cabeça fluir. O segredo é a capacidade de vizualização e o envolvimento. Se duvidar até eu acreditava nas minhas maluquices.
Hoje, dia 31 de outubro, o famoso Halloween ou Dia das bruxas, eu não vou inventar uma histórinha mas, deixo a Vampireska como um símbolo da minha apreciação pelo mistério, suspense, terror. Quem sabe um dia ela me inspire a criar uma história ainda que, cheia de clichês, só para divertir e assustar quem tiver o privilégio ou azar de me ouvir. Personagens com nomes americanos, paixões adolescentes, sangue, crueldade e, suspense...

23 comentários:

Dom .A. disse...

Oi, Dani! Tudo bem?

Não tenho coordenação para tal. Sobre seu método de dar aulas, temos que nos inventar e reinventar a todo instante. Um grande desafio!

Bjão

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Néctar da Flor é um blog que sempre soube receber e retornar seus comentários. Nunca deixamos ninguém, por motivo algum, no silêncio de uma visita quando vem à nossa página. Por esse motivo queremos presentear todos os amigos que, assim como nós, sabem acolher qualquer pessoa que chega com gentileza na sua casa virtual. Sem recriminação, sem preconceito, sem frescura.



Simplesmente porque:



Acolhe com o coração!



Beijos jogados no ar, sempre!



-

Francisco disse...

Dani querida!
Se todos os métodos de ensino fossem assim, tão criativos, teríamos com certeza alunos mais interessados e conscientes.
Aproveito para convidá-la a conhecer o novo blog que eu e a Cris "inauguramos" rsrsrs.
http://elaeraeueueraela.blogspot.com
Meu "Banheiro" ficará interditado por tempo indeterminado.
Aguardo vc por lá!
Beijãozão!

Carol disse...

Lembro quando vc me contou esta história. Muito boa!
Você conhece a Casa do Contador de Histórias de Curitiba? Vc tem talento para isso, deveria fazer um curso com eles, vender este produto. Conheci esta mulher numa palestra, http://indakeia.com/perfil.php
muito muito muito boa contadora de histórias!

Ran Omelete disse...

Saudações!

Até que histórias com clichês nem sempre são toscas. Às vezes histórias muito originais acabam sendo um saco. Acho que o importante é contar de um modo agradável. Gostei muito de uma história fantástica que li recente, apesar de ter um fim meio clichê e previsível. Chama-se Anjo - A face do mal, do Nelson Magrini.

E contar piadas nas aulas sempre ajuda a ilustrar as explicações e a prender a atenção dos alunos.

Até!

Dil Santos disse...

Oi Dani, bom dia
Tudo bem ctg?
Eu adoro desenhar, meio que me empolgo quando eu começo, rsrs.
Adorei Valeska, ela transmite um inocência, ingenuidade massa, rs.
Mas imagina quando vira a lôka, rsrsrs
Sei como é isso menina, as vezes sonho acordado, cada coisa, rsrs

Bom feriado

Bjo
:)

Sandra Timm™ disse...

Contar história é uma arte que nem todos conseguem dominar. Felizes aqueles que o conseguem, ainda mais sendo em uma sala de aula!

Parabéns!

AJA.comunicação disse...

eu sempre curti halloween
nunca curti bem curtida a data, mas sempre achei legal

apesar d um dia soltar a pérola q halloween seria legal se caisse numa sexta-feira 13 ¬¬
dificil neh
ahsuhsuasauhusa

Andréa Cavalieri disse...

Dani querida,
Essa vampirinha é um luxo!
Tem uma doçura que supera qualquer maldade que ela tentasse ter.
Acho que vc imprimiu um pouco do que és nela e surgiu assim esse ar de doçura e mistério.
E como vc desenha bem com o paint!
Adorei, repita...
Saudades de tudo aqui.
beijos meus

Everson Russo disse...

Uma otima quarta pra ti...beijos

meus instantes e momentos disse...

ótimo post.
eu tive um professor de matemática, que tb misturava o ingles com o portugues. Mas o ingles servia apenas para me xingar(rsrs)pela bagunça q eu fazia na sala. Acabei aprendendo.....o ingles, matemática, não.
Maurizio

Eduardo Franciskolwisk disse...

Eu tenho tentando fazer isso com meus sobrinhos... UHauhauhuaa

Conto uma história de terror e eles ficam com medo e o final que eu invento faz eles verem que nao era nada daquilo que eles estavam pensando. Uhuahaa.

Maria Fe disse...

Ei Dani!
to sumida, to correndo! rs
Eu nunca consegui desenhar pessoas no paint, falta coordenação.....rs
Adorei, e acho que vc deve sim contar historinhas aqui!
beijocas

Felipe Braga disse...

haha
Já pensou em criar uma história em quadrinhos sobre vampiros?
Criaturas malditas, mundos subversivos, adoro isso. rs

Beijos.

Rafael Lopes disse...

Olá Dani, tudo bem:???

valeu pela visita no meu blog heim.
Estou te seguindo por aqui já

te aguardo no meu tb
bjos bjos

J.R disse...

Oi Danii!!!

Caramba! Não sei pq não passei mais aqui mesmo, estranho.

Estranho pq eu te sigo, quando vc posta algo ja vejo no meu painel. por algum motivo não vim aqui desta vez, erro gravíssimo cometi, pois, gosto muito daqui.

Poxa! Este post é um retrato da sua capacidade heim? Fiquei impressionado. Desenhista, ótima por sinal, contadora de estórias e professora! Chega né? haha!

Parabéns Dani! Tem muita genialidade aí dentro de vc, imagino. DEve ser uma pessoa fantástica.

Contar estória sem saber o final, fazendo-o a cada linha é um exercício e tanto, exercita a criatividade. Seus alunos tinham muita sorte.

Brigadão pela visita e pelo "puxão de orelha" eu mereci mesmo...haha!!

Ótimo FDS bjão.

Marie disse...

Vampiros,adoro vampiros *-*

Neto disse...

ahhh vai ter template novo entao eh???
quero ver
meu novo divã ^^

bjooo

Neto disse...

noss agora q vi aquela vez comentei com o login da aja comunicacao
RA!
:P

Melanie B. disse...

Valeskita chegou no estilo!A arte de desenhar pra mim é um sonho, eu naum faço nada alem de bonecos de palitinhos! rs
BJoO
Waley]u a visita!
:)

alinizinha disse...

oii, te add no twitter, naum add antes pq tava sem tempo , nem entro mto nele :p .....
bjossss!

Carol Campos disse...

Olá Dani,

Apenas retribuindo a visita!
Muito legal o seu blog e os textos também são muito bons!
Vou voltar sempre!

Um abraço,

Carol Campos

railer disse...

também gosto muito de tudo ligado a terror e também assustei muito meus primos!

tá de parabéns. desenhar assim no paint não é pra qualquer um!